Follow by Email

sábado, 13 de junho de 2009

Escrivaninha IV - em vermelho

aqui e no Jornal do CF4

Em vermelho -

Com sua irreverência Eros anda à solta ferindo corações. Nos útimos dias foram inúmeras manifestações Poética recebidas em decorrência do dia 12 próximo passado, impregnando o imaginário com a atmosfera romântica, não bastassem os apelos midiáticos. Então como deixar passar em branco o vermelho que arde nas rosas e no vazio dos vasos que gemem ausências...
Como não tremer diante a possibilidade de encontrar àquele(a) que promete ser a cura para a ferida narcísica, que arde desde os primeiros momentos de separação. Foram estes pensamentos que trouxeram-me à memória o Filme COEURS do aclamado Diretor Alain Resnais reconhecido por seu estilo Nouvelle Vague francesa. Resnais apesar dos seus mais de oitenta anos continua a reinventar-se e a transgredir com padrões cinematográficos.O Título do Filme foi traduzido para MEDOS PRIVADOS EM LUGARES PÚBLICOS, desta vez não muito infeliz, mas prefiro o original , porque o coração é a parte que os cabe neste latifúndio ... Bate forte, faz suar, engasgar da os sinais, sintomas enviados pelo cérebro do apaixonado ou solitário diante ao grande perigo; Descarrilando diate a qualquer sinal que desperte situações traumáticas vividas no passado, etc ...A respiração diminuta ou o peito inflado de paixão altera a pressão sanguínia pondo em risco o flechado e, parece que a cicatriz não fecha nunca !Os Roteirista do filme são Alan Ayckbourn e Jean-Michel Ribesteiro.Fica assim registrado a dica para àqueles que não tiveram o privilégio de assistir a película que traz o assunto ; desejo , namoro,início e final de relacionamentos, de forma bastante bem humorada . Os personagens três homens e três mulheres vivem em um mesmo bairro em Paris embora desconheçam-se, passam a fazê-lo e, durante quatro dias passam a interagir de forma romântica encarando seus próprios medos e conflitos .. Cest voilá !