Follow by Email

sábado, 27 de junho de 2009

Psiu II



Sons da floresta revelam que biodiversidade da Amazônia é muito maior do que se imaginava
...Através dos ouvidos, pesquisadores na Amazônia estão fazendo descobertas sobre a real biodiversidade da floresta amazônica que passaram despercebidas aos olhos de outros cientistas que se dedicaram a estudá-la....

...Estamos descobrindo que, quando há uma diferença de som de um local para outro de uma população da mesma espécie, também há uma diferença genética. O animal é outro- revela Cohn-Haft.-ornitólogo e curador da coleção de aves do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa)

Os muitos cantos da Amazônia -Pesquisadores lançam coleção de CDs com o som de aves do maior bioma brasileiro; ouça amostras Ouça amostras de cantos de aves da coleção Vozes da Amazônia (arquivos em formato MP3) Inhambu-de-cabeça-vermelha (Tinamus major) (504 KB) Garrinchão-coraia (Thryothorus coraya) (2,0 MB) Araçari-negro (Selenidera culik) (800 KB) Anacã (Deroptyus acciptrinus) (929 KB) Formigueiro-ferrugem (Myrmeciza ferruginea) (900 KB) Maú ou pássaro-boi (Perissocephalus tricolor) (1,3 MB)

Realidade -Uma década do sonho VMD

Realidade -Uma década do sonho VMD

virgínia fulber * além mar
A Internet encarregou-se de aproximar o que a vida distanciou geograficamente . novos agenciamentos foram formados e aglutinaram-se em forma de grupos de interesses e afinidades. Foi em um grupo de Literatura que nos reconhecemos e desde mutuamente Vânia Moreira Diniz e eu e desde então não mais nos distanciamos e assim ocorreu com muitos de seus colaboradores . Inicialmente com o Site VMD tivemos seu incentivo de escrever sistematicamente e tornar visível pensasentimentos que são processados,re significados Lacan intensifica a aproximação da escrita à psicoanálise ,ela nos serve de lume e bússula às visões de mundo exterior e sobretudo interior , a letra inscrita no inconsciente não cessa e não quer calar o que falta. Escrever é dar espaço ao significados, possibilitando o escoamento e produzir satisfação , gozo e saber ... Anterior àquilo que se pensava não existir, mas que aí estava anteriormente à visibilidade ; recorrendo ao real imaginário e simbólico de Lacan*.
Entre célebre Poetas e Escritores , agregou Escritores Amadores, Poetas tímidos e não menos talentosos, orientados por sua mente e coração generosos. Vânia não separa íntegra, em tudo que empreende assim como é íntegra em seus passos dando espaço às singularidades, capaz de formar uma unidade , catalizando e pondo-se no lugar do outro, sendo o olhar fundador. Sendo excelente Escritora e Poeta é uma pessoa que sabe cuidar, e promover amizades através da Literatura e de reestruturação de símbolos , imagens e capacidade organizacional surpreendentes, dando espaço ainda à conflitos emergentes a qualquer grupo humano, foi conduzindo-se a sua auto poésis assim como aos membros da equipe. Distribui sua energia por onde passa, divulgando semanalmente seus Boletins de Atualizações, num exercício incansável de divulgação de todos seus colaoradores . São dez anos de convívio que posso chamar de uma nova vida, uma inteiramente nova forma de lidar com os símbolos, palavras e sentimentos.
Transformado em Portal o Sítio VMD , intensificou a produção literária vindo incluir , expandir seus braços e olhares sobre temas pertinentes. A rede de agenciamentos vem agregando-se ao conceito de desterritorialização,Deleuze e Guatarri ,que caracteriza a sociedade pós-moderna em sua mobilidade, marcada pelos fluxos, pelo desenraizamento e pelo hibridismo cultural; desterritórios . Tecer parceiras com Vânia é sempre uma alegria , sua suavidade e compaixão vem arrebanhando Versos, Prosas , vidas. Como uma Senhora dos desertos, a uma década. Vânia disponibiliza em suas Páginas, Canais do Portal Espaço Ecos o desfile de quixotes e sanchos que cavalgam alados, dirimindo silêncios, ânsias de comunicação e dando asas a imaginação na construção de uma sociedade e múltiplas subjetividades . O preconceito tem sido uma das formas mais comuns da crueldade e este
dedica-se Vânia com afinco e coragem . Certa vez li que; a literatura atravessa os desertos ! Creio que estamos atravessando-os e sobretudo deixando-nos atravessar .
Parabéns Vânia escreves desde os cinco anos , teve um pai Psiquiatra e avô democrata que a estimularam e nos incita a fazê-lo, promovendo o descongelamento, desengessamento acadêmico. Que muitas mais linguagens fluam como rios em busca de pertencência ao grande oceano da amizade e de diálogos possíveis. A ti Vânia madrinha, irmã e a todos que acreditaram nos sonhos de tornar visível o invisível , audível o que calava e a a Internet que mudou paradigmas meus sinceros agradecimentos pois que ; Escrever é, necessariamente, forçar a linguagem, a sintaxe, porque a linguagem é a sintaxe, forçar a sintaxe até um certo limite, limite que se pode exprimir de várias maneiras. É tanto o limite que separa a linguagem do silêncio, quanto o limite que separa a linguagem da música, que separa a linguagem de algo que seria... o piar, o piar doloroso.- Gilles Deleuze

Nota* J.Lacan Significante é o que representa o sujeito frente a outro significante (o que é elaborado, o que não estava manifesto a princípio) Os três registros: real, simbólico e imaginário. O real é aquilo que não tem fissuras, não está marcado e portanto é pura indiferenciação impossível de ser apre(e)ndida. A ordem simbólica, graças a seus cortantes elementos constitutivos (os significantes), fura, recorta, o real. O registro do imaginário é o efeito dessa operação de recorte, de perfuração que o simbólico realiza sobre o real. O registro do imaginário é a objetivação do real; o real simbolizado....