Follow by Email

terça-feira, 2 de junho de 2009

Homens-pássaros/Hommes-oiseaux/Birdmen

River Dillon. Photomontagem
4 de Junho - 3 de Agosto 2009Exposição/Exposition personnelle/Personal exhibition Homens-pássaros/Hommes-oiseaux/Birdmen
Memorial dos Povos Indígenas, Brasilia/Mémorial des Peuples Indigènes de Brasiliaplus d'infos sur les Hommes-oiseaux en français:http://hommesoiseauxderd.blogspot.com

Mathias às plumas Indias. Paris 2007

VEREDICTO(s) DO INCONSCIENTE

VEREDICTO DO INCONSCIENTE II
VEREDICTO DO INCONSCIENTE

A palavra escrita ou falada,
Mesmo que queira o autor
Tomado por sua dor ao constatar seu anúncio
Na tela...
Na folha de papel...
No “outdoor”... Nos muros...
Nas calçadas das ruas...
Continuam sendo suas,
e, não adianta apagar.
Veredicto do inconsciente,

Que comanda toda a gente
que vive sobre o planeta,

Seja para a paz e o amor,
Seja para a guerra e dor.

Não adianta dormir, Nem tanto tentar fugir...
Isso que foi anunciado,
Para sempre estará gravado
Nos lugares mais sagrados
Daquele que professou.
Salete Cardozo Cochinsky -2005

Lembro a vocês que tudo o que é manifestado pela linguagem, se não pode ser apagado, pode ser re-significado, ou seja, a próxima palavra, sinal, frase, página, existe para isso mesmo; correção e desdobramento. Até mais,
-Salete Cardozo Cochinsky -Porto Alegre, RS, Brazil Psicóloga/Psicanalista-