Follow by Email

quarta-feira, 21 de abril de 2010

< ESPANTO >

"A coisa mais bela que o homem pode experimentar é o mistério. É esta a emoção fundamental que está na raiz de toda ciência e arte. O homem que desconhece esse encanto, incapaz de sentir admiração e estupefação, esse já está, por assim dizer, morto e tem os olhos extintos".

um dos motivos mais poderosos que conduziram o homem em direção a arte e a ciência foi o de escapar do quotidiano”

Há momentos em que se sente liberado de seus próprios limites e imperfeições humanas. Nesses instantes a gente se sente num pequeno canto de um pequeno planeta com o olhar fixo e maravilhado na beleza fria mas contudo profunda e emocionante do que é eterno e incompreensível.
A vida e a morte se fundem e não há nem evolução ou destino,
apenas o SER “ Albert Einstein
                          &&&&&&&&&&&&p
FÍSICOS BUSCAM A “TEORIA DO CAMPO UNIFICADO” ...Até sua morte em 1955, Einstein procurou por uma formulação geométrica que não só explicasse os fenômenos eletromagnéticos, mas também os unificasse com a gravitação. Uma teoria unificada da gravitação e do eletromagnetismo trata fenômenos gravitacionais e eletromagnéticos como manifestação de uma única força, ou mais precisamente, de um único campo, o campo unificado. A cada força está associado um campo. Se colocarmos um prego perto de um ímã, sentimos a presença do campo magnético criado. Campo é uma manifestação espacial da presença de uma certa fonte.
                                              26/10/1997  Marcelo Gleiser
A idéia de unificação é fundamental em física. O poder ou eficácia de uma teoria pode ser medido pela quantidade de fenômenos diversos que ela pode explicar. Newton unificou a física dos fenômenos gravitacionais celestes com a dos fenômenos gravitacionais terrestres. No século 19, Faraday, Maxwell e outros mostraram que fenômenos elétricos e magnéticos podem ser descritos conjuntamente pelo campo eletromagnético.

Apesar de Einstein ter falhado em sua missão, sua influência permanece viva até hoje. A idéia de unificação de forças é uma das mais populares entre físicos teóricos do mundo inteiro. Ao eletromagnetismo e à gravitação são adicionadas duas outras forças, que se manifestam apenas a distâncias subatômicas, que são as forças nucleares forte e fraca.

As quatro forças descrevem, em princípio, todos os fenômenos observados, desde escalas microscópicas às macroscópicas. Portanto, a "Teoria de Tudo" unificaria as quatro forças fundamentais em apenas uma, a força unificada. Essa unificação se manifesta apenas a energias extremamente altas, muito mais altas do que nós podemos testar nos laboratórios atuais. Por trás da realidade física, apenas visível a energias altíssimas, existe uma outra realidade, em que tudo é manifestação de um campo unificado. Em sua intimidade, a natureza é extremamente simples.

A idéia de unificação das quatro forças fundamentais não é absurda nem influenciada por tendências monoteístas, como pode parecer. Já conseguimos unificar as forças eletromagnética e fraca, conforme comprovado experimentalmente em 1983 por Carlo Rubia e seu time em Genebra, baseados em previsões teóricas de S. Glashow, A. Salam e S. Weinberg. A energias cerca de mil vezes maiores que as nucleares, as forças eletromagnética e fraca se manifestam como uma única força, a eletrofraca. O próximo passo é incluir a força nuclear forte e, eventualmente, a gravitação nessa unificação. Talvez a visão de Einstein não tenha sido apenas uma fantasia.
TEXTO PARCIAL - do texto: Especial para a Folha Editoria: MAIS! Página: 5-16 10/13039-Edição: Nacional Oct 26, 1997-Seção: CIÊNCOA; FUTURO; MICRO/MACRO-Observações: PÉ BIOGRÁFICO

4 comentários:

  1. Lidissimo Virginia.
    Espantar diante da beleza do dia a dia,
    diante dos pequenos e constantes milagres da vida da natureza....
    Admirar o mistério, não aquele lá longe, intocável, mas o dia a dia.
    Obrigada Virginia pela riqueza da tua comunicação.
    Irmã Valquiria

    ResponderExcluir
  2. Virgínia minha Amiga preciosa!
    A beleza e requinte dessa tua postagem
    é de deixar a alma extasiada!
    Uma Delicia o ppt que me enviou! Grata!
    Essa imagem também é de embriagar!
    Estou aqui maravilhada com o texto magnífico
    de Albert Einstein!
    Bravo por tua incansável e iluminada maneira
    de alimentar nosso espírito...sempre com riquíssima literatura!
    Grata Eternamente Poeta e Amiga que tanto admiro!

    beijinhos em revoadas de alegria da Li mais
    carinho

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto. Excelente postagem. É rico, interessante. Amo filosofia. Essa busca, essa procura, tentar compreender os mistérios da vida. Ha tanta beleza em toda essa criação, nos mistérios da existência. É de se espantar realmente quanto muitos não conseguem enxergar, apreciar e valorizar coisas tão belas.

    Abraço terno!

    ResponderExcluir
  4. queridas amigas Eliana, Irmã Valquiria e Angela a visita de vcs. é motivo de postar neste blog, afinal vcs. são ilsutres presenças onde quer que se façam visíveis.
    abraços afetuosos, vossa virgínia

    ResponderExcluir

comentários são bem vindos, grata!