Follow by Email

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

IMACULADA - virgínia além mar

IMACULADA

Santuário, por privilégio toco
sem macular areia ou mar...
Pensamento acima coloco
e o coração a cantar ...


Um silêncio maior nos exige
contrasntando com fogos e festejos
Alma e corpo corrige
teus ares benfasejos


A escuta permite
permeando o ser com teu cortejo
Induzindo à comunhão prossegues
Oh ! Ilha imaculada


Tocada pelo oceano que a abraça
consome e recorta
Em pedra por ancestrais gravada
deixo o tanto que não sei...

Ilha do Campeche SC BR

Um comentário:

  1. Virgínia minha querida poetinha Jardineira...
    Sinto saudades de te ler...
    Com tua poesia "Imaculada" a beleza mágica da Ilha ganha um brilho especial!
    Teus versos em comunhão com a intensidade das ondas do mar e essa natureza deslumbrante deixa minha alma embriagada!
    Grata sempre minha querida Manamiga...
    Beijinhos de super bem querer da Li com saudades...

    ResponderExcluir

comentários são bem vindos, grata!