Follow by Email

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

ASTROlógica, Lua Nova e o "Eu"...

ASTROlógica, Lua Nova e o "Eu"...


    *virgínia fulber * além mar poetinha

Nono mês, meu nascimento...

Renascimento em mim se fez
Coincidentemente em novilúnio
O eu em evidência
Por ínfimo, intenso
E merecido momento
Talvez...


No terceiro dia
Sob regência de Nova Lua
afino ais
Paralelamente seguem
Lua, Sol na casa hum
Morada astrológica do eu
Cresce idílio para afirmar
Imanência; em re mi fá sol
Tempo de separar, juntar notas e
Em partituras continuar compondo
                        -*-

Lua Nova é chamada quando a face visível do satélite natural da terra não recebe luz do Sol, visto os dois astros estarem na mesma direção. A Lua é visível no céu durante o dia, pois esta e o Sol, vistos da Terra, estão na mesma direção.Ela nasce 6h e se põe 18h mais ou menos na primavera, juntamente com o sol. Gradativamente as mudanças acontecem no céu e astros a Lua coloca-se ao leste do Sol e a face visível cresce visto estar mais iluminada a partir da borda que aponta para o oeste.Em uma semana, aproximadamente, o processo traz a mutação da Lua Nova em Crescente (quarto crescente ) quando começamos a vê-la da terra à noite pois estará 50% novamente iluminada pela luz solar. - 26 de setembro 2011 - Texto - virgínia fulber * além mar poetinha (nascida no Paralelo Trinta, anos cinqüenta em 24 de setembro as seis da manhã)
Publicado no Recanto das Letras
Recanto das Letras& na AVBL -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários são bem vindos, grata!