Follow by Email

domingo, 24 de julho de 2016

problemas ...

“ Quando se tem um problema a ser resolvido tem-se um problema a ser resolvido. Quando ao problema a ser resolvido se acrescentam lamúrias e lamentações tem-se dois...”  Rubem Alves na obra  Ostra feliz não faz pérola.

 

Tempo ... virgínia vicamf,vic
Saber administrar o próprio tempo é mais uma questão de postura
diante à vida do que de ciência. Pessoas ativas mesmo tendo tomado
uma decisão errada são eficientes ao perceber o equívoco e rápidas
em avaliar a situação assim como  em corrigir o problema, desta
forma não deixam que  problemas se acumulem.
Pessoas perfeccionistas geralmente tendem à passividade e assim
acumulam problemas o que é um fator decisivo na qualidade da 
administração do tempo. Já pessoas ativas arriscam, ousam e não
deixam os problemas acumularem-se ao ponto de não mais
conseguirem  traçar prioridades.
A exagerada aposta em visões de "mundo" baseadas em métodos
acadêmicos, não raramente, geram morosidade em solucionar
problemas.
Algumas mães suficientemente boas além cuidar sabem educar
os filhos e  administrar suficientemente bem  o lar, porque sabem 
delegar, distribuir tarefas e tomam decisões rápidas
quando necessário. Também sabem traçar prioridades. Agumas sem 
qualquer preparo acadêmico, por vezes, surpreendem 
positivamente no tocante à administração do tempo e prioridades.  
Agem por instinto, são fortes emocionalmente. 
Outras ainda sem curso superior, preparo técnico saem-se muito
 bem quando 
a vida lhes impõe a  tarefa de ocupar um cargo de responsabilidade
em uma empresa. Também boas mãe e donas de casa , quando
da vida empresarial são bastante eficientes pois  sabem que não 
podem deixar os problemas acumularem tampouco deixá-los  sem 
solução por tempo demasiado.
Na esfera jurídica quanto na de pessoas físicas podemos
observar que foi justamente a morosidade em resolver
problemas a caussa do acúmulo destes, e falta de  traçar
prioridades que as levam a  falência ou seja, no momento
em que um  profissional for contratado para apagar  o que
tornou-se um verdadeiro “ incêndio”, este pouco ou às
vezes  nada podem fazer além de juntar as cinzas... 
abraço e votos de boa sorte neste finalzinho de ano em
que diferenciar prioridades é essencial para concluir
metas e estar aberto para traçar novos objetivos.

virgínia..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários são bem vindos, grata!