Follow by Email

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Esperança...

Esperança....
Eliana f.v. – Li Andorinha

A esperança em mim
chega a ser teimosia
Tenho em meu DNA
o infinito dessa energia

Mesmo que tudo pareça
estar em desacordo...
Ela alinha meu horizonte
com as luzes das estrelas

Com ela sinto-me tão forte
como as árvores do agreste
Crescendo na coragem
da mãe Terra

Floresço continuamente
num acreditar persistente
que o verdadeiro milagre
sorri em liberdade...

No canto dos passarinhos!
Na felicidade das crianças!

Um comentário:

  1. Poeta Li Andorinha tua vida e Poesia me enchem de ternura e alegria, esperança sempre !
    abraços de admiração e amizade eterna
    te adoro

    ResponderExcluir

comentários são bem vindos, grata!