Follow by Email

sexta-feira, 13 de março de 2009

Gratuidades - Ulpiano,O. & Manoel de Barros ..

o canto gratuito é o canto que alguns pássaros fazem para o crepúsculo e para a aurora. esse canto não tem nenhum objetivo orgânico e não presta nenhum serviço à espécie, os pássaros o produzem a despeito dos perigos ,
são cantos de extraordinária beleza ,
quanto mais forte for o crepúsculo; quanto mais se espalhar a cor violeta; e quanto mais bonita for a aurora - mais esplendorosos os temas e motivos que o pássaro canta. filósofo C.Ulpiano citando Olivier Messiaen


Gratuidade das aves e dos lírios

Sempre que as gratuidades pousam em minhas palavras,
elas são abençoadas por pássaros e por lírios.
Os pássaros conduzem o homem para o azul, para as águas,

para as árvores e para o amor.
Ser escolhido por um pássaro para ser a árvore dele:

eis o orgulho de uma árvore.
Ser ferido de silêncio pelo vôo dos pássaros: eis o esplendor do silêncio.
Ser escolhido pelas garças para ser o rio delas: eis a vaidade dos rios.
Por outro lado, o orgulho dos brejos é o de serem escolhidos

por lírios que lhes entregarão a inocência.
....
Queria descobrir por quê os pássaros escolhem a amplidão para viver
enquanto os homens escolhem ficar encerrados em suas paredes ?
....
Porque eu entendo, desde a minha pobre percepção, que o vencedor,
no fim das contas, é aquele que atinge o inútil dos pássaros e dos lírios
do campo.
Ah, que estas palavras gratuitas possam agora servir de abrigo para todos

os pássaros do Brasil! Manoel de Barros
Campo Grande, 27 de outubro de 1999

Um comentário:

  1. Que energia mais Iluminada encontro aqui minha querida amiga Virgínia! Tua sensibilidade
    sabe bem como fazer feliz a nossa alma...
    juntou aqui duas preciosidade sem medidas...
    como o impressionante Claudio Upiano que estou amando ler e ouvir!
    E o nosso querido Manoel Barros...simplesmente Delirante!!!
    Perfeito Espetáculo nos Oferece Vi querida!
    Eternamente agradecida te abraço com todo meu
    carinho...
    da Eliana que te Admira muito mesmo...

    ResponderExcluir

comentários são bem vindos, grata!