Follow by Email

quinta-feira, 12 de março de 2009

SER POETA-Efigênia Coutinho

clique na imagem para página do artista Massimo Cruciane autor da obra .,

SER POETA

Efigênia Coutinho

Ser Poeta, nunca foi profissão,

nem a poesia uma jerarquia
onde o empregado assina ponto
todos os dias ás onze em ponto.

A Poesia chega, num amanhecer
primaveril, pela fresca brisa,
ou nas madrugadas enluaradas,
Ou num fevereiro com sol escaldante.

Vem leve, solta,livre canção.
Insolente pelos idos de março,
murmurante e submissa por noites
voluptuosas de baça inquietação.

Indomável, cautelosa, ora fugindo,
ora desejando ficar, ora calada
mas seu canto querendo cantar,
ás vezes chega e resolve ficar...
Balneário Camboriú-Fevereiro 2009

4 comentários:

  1. Bom dia Virginia, é uma verdade, todo dia é dia de poesia, ela vem tão bela e faceira, e enche a alma de alegria, como uma rosa orvalhada, toda perfumada.

    Meus agradecimentos e cumprimentos a você, pelo seu magestoso dia da poesia,
    com admiração, Efigênia Coutinho

    ResponderExcluir
  2. Poeta Efigenia em sua sensível Poética
    enriquece nosso espaço . Mais fácil respirar em tua presença querida , abraços afetuosos e agradecidos pela participação
    tua virgínia além mar

    ResponderExcluir
  3. Efigênia querida Poeta!Que bom te encontar
    mais por aqui...gosto muito de te ler...
    Teu "Ser poeta" transmite a liberdade da tua
    alma em poder se expressar...fazendo com que a nossa, se sinta a vontade para acompanha-la...
    Obrigada pelo passeio em tua inspiração...
    Beijos carinhosos da Eliana que muito te admira

    ResponderExcluir
  4. EFIGÊNIA...
    Ler você é eternizar ainda mais o que já é eterno.
    Você eternizou-se no meu coração.
    Parabéns pelo poema e pela sua inequívoca sensibilidade.
    Luiz Poeta

    ResponderExcluir

comentários são bem vindos, grata!