Follow by Email

domingo, 26 de abril de 2009

Primeiro de Maio -





"Arrebenta a tua necessidade e o teu medo de ser escravo,
o pão é a liberdade, a liberdade é o pão".
&&&&&

... a greve de 1º de maio de 1886 em Chicago, nos Estados Unidos, não foi um fato histórico isolado na luta dos trabalhadores, ela representou o desenrolar de um longo processo de luta em várias partes do mundo que, já no século XIX, acumulavam várias experiências no campo do enfrentamento entre o capital (trabalho morto apropriado por poucos) versus trabalho (seres humanos vivos, que amam, desejam, constroem e sonham!).
&&&&&

Meu Maio - Vladimir Maiakovski

A todos
Que saíram às ruas
De corpo-máquina cansado,
A todos
Que imploram feriado
Às costas que a terra extenua -
Primeiro de Maio!
Meu mundo, em primaveras,
Derrete a neve com sol gaio.
Sou operário -
Este é o meu maio!
Sou camponês -

Este é o meu mês.
Sou ferro -
Eis o maio que eu quero!
Sou terra -
O maio é minha era!


Dia Mundial do Trabalho

Dia Mundial do Trabalho foi criado em 1889, por um Congresso Socialista realizado em Paris.
A data foi escolhida em homenagem à greve geral, que aconteceu em 1º de maio de 1886, em Chicago, o principal centro industrial dos Estados Unidos naquela época.

"Creio bastante na sorte. E tenho constatado que, quanto mais eu trabalho, mais sorte tenho" Thomas Jefferson

&&&&&&&&&&&&&&&&

Pré-conteito (s)… II

O turbilhão intelectual
Dos mente-captos,
Promovem;

Os maquiavélicos desígnios
Dos tiranos,
Alimentam,

Sob o corrosivo dogmatismo,
Que as fímbrias do fanatismo
Enaltece,
E o espírito crítico
Adormece.
Isabel Rosete-
&&&&&

"A pessoa devotada à burocracia perdeu a iniciativa. Está lidando com observações que lhe foram informadas, e parou de observar por conta própria. Foi essencialmente derrotada em seu trabalho" Prof. C. Northcote Parkinson



O homem é livre porque não é si mesmo, mas presença a si. O ser que é o que é não poderia ser livre. A liberdade é precisamente o que nada que é tendo sido no âmago do homem e obriga a realidade humana a fazer-se em vez de ser. JEAN-PAUL SARTRE, (1905 - 1980),

Trabalhador na luta da sobrevivência
sob o calor escaldante e demais intempéries
vítima da burocracia, injustiças em séries...
Castiga-lhe a flor do pensamento e sua carência

Desejo-te ar fresco, um sopro de liberdade menos aparência !
Águas por tudo que é mais sagrado às espécies !
Aguarda por mais justiça e pelo amor promessas...E, se tu viesses ...
Torce, que seu time ganhe, por um pouco de sexo e ricas vivências...

Ainda acredita que com sorte tenha um dinheiro extra, um amor...
Ao bom acaso roga uma prece.
No velho baú uma carta uma passagem antiga...

Já foi mais feliz; o que lhe parece...
Na juventude ou na infância, lembra a cantiga...
Melancólico, cabisbaixo como o querem, banha-se em suor e dor ...
* virgínia além mar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários são bem vindos, grata!