Follow by Email

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Telma da Costa -momentos

Passando pelo Blog da Artista Telma Costa*, que tive o prazer de conhecer recentemente, (uma dessas pessoas que realmente olhamos para o céu e agradecermos) encontrei um interessante momento do ano de 2004, sobre temporalidade...
Em que homem se tornou o garoto que eu amei? -Telma Costa

Inúmeras vezes senti esta curiosidade e até por que não dizer uma saudades do futuro... ?
O encontro de olhares continuaria o mesmo?

Lembrando que na Comunidade Café Filosófico "Das Quatro"
há um fórum -Bate papo com a atriz e poeta Telma da Costa

Sobre Telma Costa - TRIBUTE
Iniciou sua carreira artística em sua cidade natal, integrando, com suas irmãs, Sueli e Lisieux, o grupo vocal Trieto. Aos 15 anos de idade, foi convidada por Chico Buarque para dividir com o compositor a interpretação da música "Sem fantasia", em show realizado no Clube de Juiz de Fora. Em 1971, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde iniciou sua carreira profissional. Integrou, ao lado de Miucha, Olívia Hime e Elizabeth Jobim, o grupo vocal que participou de shows de Tom Jobim e Vinicius de Moraes ....

CADÊ VOCÊ, MEU PAI?
Telma Da Costa

cadê você, meu pai, que não posso te tocar?
cadê seu colo de pai, meu pai
que não posso me encostar e repousar?

cadê suas cartas de poeta suas cartas de pai
seu sorriso maroto seu carinho em meu queixo?

estou vivendo entre os escombros da falta que você faz

cadê sua fala macia me dizendo “filhinha”
ao ouvir minha voz do outro lado da linha?

cadê aquele olhar cansado e triste suas rugas tantas e fundas?
cadê você pra abraçar quando o seu aniversário chegar?

e os presentes que ainda eu te daria o que é que eu faço?

foi com você que aprendi a olhar para cima e ver as estrelas
você foi embora tão cedo e me deixou tão órfã, meu pai

tão órfã de pai de sua poesia
seu abraço seus conselhos
os meus olhos nunca mais secaram de chorar sua partida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários são bem vindos, grata!